UM DIA EM BRUGES

A Bélgica é um país comumente colocado nas viagens e mochilão por seu ponto estratégico entre Amsterdam e Paris. Muitos só colocam no roteiro a capital Bruxelas, mas isso seria um erro terrível. Isso porquê Bruges e Gent são duas das cidades mais interessantes para se passar um dia na Europa.

Bruges é pequena, tem cerca de 120 mil habitantes e seu centro histórico, a antiga cidade amuralhada, é Patrimônio Cultural da UNESCO desde de 2000. Não é para menos: uma cidade que respira cultura e história, que parece saída de um conto de fadas com seus canais e os moinhos. Acrescente à tudo isso as batatas fritas belgas, o chocolate tradicional e as muitas cervejas artesanais e tem-se Bruges, a “Veneza do Norte”.

A Igreja do Santo Sangue

Em Bruges, um ponto turístico muito conhecido é Basílica do Santo Sangue ou Heilig-Bloedbasiliek (Holly Blood Basilica) . Diz a lenda que sangue sagrado de Cristo está nessa basílica construída entre os anos 1134 e 1157 pelo Conde de Flanders, que trouxe a relíquia da Terra Santa durante as Cruzadas.

A visita da Basílica vale a pena, é uma igreja muito bonita, toda em madeira decorada, diferente do mármore que sempre vemos. Para os devotos que quiserem ver o sangue é preciso pagar uma quantia de 2,50 euros na entrada da igreja. No guichê você paga a quantia e recebe um ticket, que deve ser entregue no altar a um padre que fica ali guardando a relíquia. Dentro da igreja deve subir em fila e entregar a ficha, mas caso não queira pagar para ver o relicário o restante da igreja é de visita gratuita.

Centro Histórico Medieval e Patrimônio Cultural da UNESCO

O centro histórico é todo de pedra e tijolinho à vista, as ruas de paralelepípedo. Casinhas com o telhado bem pontiagudo para a caída da neve, ruas estreitas e inúmeras praças. Parece de mentira, que é cenográfico ou que se assoprar e bufar a casa cai. Direto de contos de fadas. Sem falar dos canais!

O nome Brugges vem das pontes sobre os inúmeros canais, no holandês antigo Brugga significa ponte (em inglês, bridge). Por isso Brugges passou a ser chamada de Veneza do Norte. Um passeio tradicional para se fazer na cidade em dias ensolarados é andar de barco pelos canais.

Como chegar à Brugges

De Bruxelas é muito fácil tomar um trem para Brugges, que está a 90km de distância da capital belga. Na estação de trem, tanto no balcão de informações gerais, como nos balcões de compra de bilhetes, todos foram super simpáticos, gentis e sorridentes, além de falarem vários idiomas e, inclusive, um inglês perfeito.

Caso não se sinta confortável com o inglês também pode comprar com cartão de crédito internacional em máquinas na estação. Também é possível comprar as passagens online e levar o ticket impresso já do Brasil- mais fácil se você não quer perder tempo ou não tem familiaridade com o inglês ou o francês.

Para quem tem menos de 26 ou acima de 65 anos, e sabe se comunicar em inglês ou francês, é melhor deixar para comprar no balcão e informar a idade e eles informarão qual o desconto sobre o valor da passagem, que normalmente está em torno de 15 euros por pessoa.

O que ver em Brugges

Fomos à Bruges na primeira semana da primavera, por isso pegamos dias ensolarados e lindos mas com um pouco de frio. No fim da tarde choveu um pouquinho. Ou seja, bem aquela transição do inverno rigoroso para a primavera de temperaturas mais amenas.

A praça principal da cidade, o Grote Markt, é o centro político e cultural da cidade há séculos. Ali, no coração da cidade fica o Campanário de Brugges, o Palácio Provincial e a Prefeitura. A arquitetura dos prédios é linda de se admirar e muito bem conservada, é um bom lugar para começar seu passeio.

Como se locomover por Brugges

A cidade é bem pequena e é possível fazer tudo a pé, já que as ruazinhas são bem estreitas e antigas. É também a melhor forma de não perder nada, já que cada esquina dessa cidade merece uma foto.

Ainda assim preferimos pegar o ticket de um dia do transporte público, valia a pena para ir da estação de trem até o hostel com as malas e depois para voltar. O bilhete unitário custa 3 euros e é válido por uma hora, enquanto o Daagpass (day pass) custa 6 euros e é de uso ilimitado em ônibus e trams do transporte público da cidade pelo período de 24 horas.

Outro passeio muito conhecido em Brugges é o de barco pelos canais. O passeio custa 7 euros por pessoa e tem duração de 30 minutos.

Onde ficar em Bruges

Ficamos mais uma vez na rede St. Christopher’s – já podemos pedir música no Fantástico?

Em Londres passamos uma semana no St. Christopher’s Hammersmith e uma semana em Paris no St. Christopher’s Canal. Sabendo que é uma das redes de hostel mais conhecidas da Europa como tivemos ótimas experiências em Paris e Londres, resolvemos ficar no Bauhaus – o St. Christopher’s de Bruges.

O bom desse hostel é a localização, realmente no centro histórico – no quarteirão de trás ficam os moinhos à beira do rio e a entrada da cidade amuralhada. O bairro em si ainda não é super turístico, o que é maravilhoso, e é antigo e residencial. Caminhar por ali até a Grote Markt, por exemplo, é se apaixonar a cada esquina (desculpa a empolgação, eu realmente amei Bruges! )

A segunda coisa é que o café da manhã é bem gostoso também e a experiência é uma delícia. Nós ficamos em um quarto com uma canadense e um mexicano e passamos algumas horas conversando – saí de lá com muita vontade de conhecer o México!

O ponto negativo, talvez, seja o tamanho dos banheiros, que são bem apertados. Só para não falar só elogios, né? Mas, resumindo, valeu a pena ficarmos hospedados ali no Bauhaus, está entre os mais baratos da cidade e é muito bom, indico!

#bruges #brujas #brugge #belgica #grotemarkt #europa #mochilão #euortour #eurotrip #bauhaus #stchristophers #hostel

Uma consideração sobre “UM DIA EM BRUGES”

  1. Muito legal o post!! tem cara de ser aquelas cidadezinhas pequenas com muita historia e construções únicas! as fotos ficaram muito boas 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s