QUEM PODE TRABALHAR NA DISNEY ? – DISNEY CULTURAL EXCHANGE PROGRAM

Quando eu conto que já trabalhei na Disney a reação da maioria das pessoas é “Na Disney? Não sabia que podia!” Pois é, pode sim! Não só pode como todos os anos muitas vagas são dedicadas exclusivamente aos brasileiros.

Ir à Orlando nos parques da Disney é o sonho de muitos brasileiros, mas o que a maioria não sabe é que você pode fazer #intercâmbio na Disney.

Durante os meses de verão nosso e inverno deles, alguns brasileiros são selecionados para um intercâmbio cultural de trabalho remunerado no complexo Disney em Orlando, justamente na época do ano em que a Disney mais recebe visitantes brasileiros.

ONDE OS BRASILEIROS TRABALHAM

Os #CastMembers, ou membros do elenco, trabalham em diversas funções em diversos lugares do complexo da Disney World na Florida. Afinal não chamam de complexo a toa: São 4 parques temáticos – Magic Kingdom, Epcot, Animal Kingdom e Hollywood Studios, 2 parques aquáticos e 25 hotéis/resorts distintos, além do Disney Spings, antigo Downtown Disney.

Você pode cair em qualquer área e qualquer work location – lugar de trabalho, seja num hotel, num resort, num parque ou no Disney Springs, que têm algumas lojas Disney e muitos restaurantes e casas de entretenimento. É lá por exemplo que fica o Cirque du Soleil de Orlando.

Toda a seleção no Brasil é feita de maio à fins de agosto e o intercâmbio ocorre de meados de novembro até o começo de março, dependendo da sua data de saída do Brasil. Cada ano algumas coisas mudam, mas normalmente o intercâmbio dura de 9 a 11 semanas. (Comigo foram 11!)

QUEM PODE PARTICIPAR DO CULTURAL EXCHANGE PROGRAM

RESUMINDO: Pode participar todo universitário matriculado entre o segundo e o penúltimo semestre em um curso de bacharelado reconhecido pelo MEC, que tenha mais de 18 anos completos e inglês fluente e que tenha condições de bancar as passagens aéreas, taxas essenciais e visto de trabalho remunerado.

Ficou alguma dúvida? Sim, né? Várias, eu imagino. Calma, vou tentar explicar cada coisinha tim-tim por tim-tim:

SER ESTUDANTE UNIVERSITÁRIO

Por ser um programa de intercâmbio cultural, o visto de trabalho remunerado tem que estar vinculado à uma empresa americana e o participante vinculado à uma universidade brasileira.

Logo, o primeiro requisito é estar entre o segundo e penúltimo semestres de uma faculdade de bacharelado presencial reconhecida pelo MEC, para que você possa tirar esse visto de trabalho.

Caso esteja para terminar e ainda assim queira ir, você terá que deixar alguma coisa pendente na faculdade para constar que você tem que voltar ao Brasil para terminar seu curso, como horas complementares ou uma matéria. O importante mesmo é não estar para concluir, assim o governo americano tem a “garantia” de que você tem algo pendente no Brasil e que é estudante na época do visto e ainda será estudante quando voltar. Não são aceitos alunos de cursos técnicos por exemplo, ainda que sejam curso superior, apenas cursos de bacharelado reconhecidos pelo MEC – que tenham a portaria do MEC.

Todos esses requisitos não são normas da STB, que é a agência responsável pela seleção no Brasil, nem somente da Disney que é seu patrocinador do visto. Essas são normas do governo americano e requisitos mínimos para o visto, já que não é um visto de turismo normal. Por isso, mesmo que você já tenha o visto de turista para entrar nos EUA, você terá de aplicar para um novo visto, o J1, da mesma forma de quem nunca aplicou para visto americano antes.

DISPONIBILIDADE DE TEMPO

O programa ocorre quando há férias de verão no Brasil, para que (em tese) não te atrapalhe no ano acadêmico.

Isso significa ter essa disponibilidade para viajar entre a metade de novembro e começo de março. Eu fui dia 18 de novembro e meu contrato acabou 3 de fevereiro, deu 11 semanas.

Todos os anos são várias saídas, depende do lugar que você irá morar e trabalhar. Podem ter grupos que vão dia 18, um grupo no dia 25 de novembro e outro dia 4 de dezembro, por exemplo. A volta vai depender da data de ida, então eles pedem essa disponibilidade maior para que você já esteja preparado. Não quer dizer que você estará lá de meados de novembro até março, apenas que seu programa estará dentro desse intervalo.

Só depois de aprovado eles te informarão sobre a sua data de embarque e a data de término do contrato, que pode durar de 10 a 12 semanas. Não é o participante que escolhe quando vai ou quando volta, isso é só informado a você na sua carta de aceite, caso seja aprovado depois da segunda fase.

Caso não queira essas datas você perde a chance de participar do programa, não tem mudança para outra data ou outra função/cargo dentro da Disney. Basicamente é pegar ou largar – por isso tenha certeza que terá disponibilidade das datas antes, inclusive com a sua faculdade.

No meu caso eu consegui adiantar entregas de trabalhos e algumas provas, em outros casos alguns professores não me ajudaram e eu fiquei sem a nota da última prova que eu não fiz. Vai de conversar com professores e coordenador de curso para ver o que se pode fazer.#VidadeCastMember

TER MAIS DE 18 ANOS

Quanto à idade, todos os participantes devem ter mais de 18 anos completos até o início do processo seletivo, que é normalmente em maio. Na minha época era só na segunda fase da seleção que é em agosto, mas como meu aniversário é 5 de setembro isso significou que eu tinha que esperar mais um ano mesmo, o que foi até bom. Caso seja esse seu caso não fique triste, aproveite esse tempo para saber o máximo possível do processo e tente ano que vem.

Nos EUA ainda que se possa dirigir aos 16 anos, a maioridade para beber bebidas alcóolicas é 21. Isso quer dizer que se você tem entre 18 e 21 anos você é underage – menor de idade. Acima dos 21 anos é overage, over para os íntimos. Isso estará escrito na sua carteirinha em LETRAS GARRAFAIS. Na minha época (tô parecendo uma senhorinha com “na minha época”) isso definia os apartamentos da Disney, eles não misturavam under e over numa mesma casa. Fora isso não importa muito sua idade.

Não tem idade máxima para participar, desde que seja aluno universitário matriculado e não esteja no último semestre do curso. Por isso se você está se achando meio velho, pare com isso e não deixe de ir só porque é mais velho que a maioria. Se tem um lugar que a idade não conta pra nada e todo mundo é criança, esse lugar é a Disney.

Se tem um lugar que a idade não conta pra nada e todo mundo é criança, esse lugar é a #Disney.”

TER INGLÊS FLUENTE

Toda a seleção é feita em inglês e o trabalho lá também será, logo inglês também é requisito mínimo. Eles dizem que precisa ser fluente, mas honestamente muitas pessoas que foram quando eu fui mal falavam inglês e passaram.

Ainda assim, mesmo que não seja necessário ser realmente fluente, os recrutadores avaliarão sua capacidade de se comunicar e entender situações cotidianas que você irá vivenciar. #FicaADica para a entrevista inclusive, pense e situações cotidianias de um trabalho na Disney. A Disney é um pedacinho do mundo inteiro, tem gente de todos os países falando todas as línguas, inclusive inglês com todos os sotaques possíveis. E você deve estar apto a poder ajudar pessoas o tempo todo, por isso o inglês é tão importante.

Se a pronúncia estiver um pouquinho ruim ou seu vocabulário for limitado, não desista só por isso. Aproveite o tempo desde sua inscrição até a entrevista e treine bem o inglês, mesmo que não tenha um nível avançado na língua. Se você decidiu ir e vai se inscrever, clique aqui para saber mais COMO TREINAR PARA SUA ENTREVISTA DA DISNEY ICP/CEP

DISPONIBILIDADE FINANCEIRA

Quando eu conto que já trabalhei na Disney a maioria das pessoas têm uma reação bem comum: primeiro eles fazem aquela cara de “não fazia a menor ideia que isso era possível” e a segunda é me perguntarem sobre salário, se compensa, se eles pagam tudo para gente. Claro que todo mundo se interessa pelo dinheiro, e estão certos.

Vou contar tudo da minha experiênci em outro post para esse não ficar tão longo. Aliás já tem aqui alguns posts que eu fiz que você pode ler depois. Lá eu coloco bem certinho toda a matemática real da coisa, todos os gastos e o que se ganha lá para você tomar sua decisão ciente de tudo.

COMO TREINAR PARA SUA ENTREVISTA DA DISNEY ICP/CEP

QUANTO CUSTA TRABALHAR NA DISNEY?

Mas para resumir: financeiramente talvez não te compense. Se você só quer ir trabalhar na Disney porque acha que o dólar está alto e trabalhar ganhando em dólar vai ter fazer voltar ao Brasil com uma conta gorda cheia de dólares para comprar um carro novo, já te adianto que não é bem assim não.

Nos requisitos mínimos eles informam que você deve ter disponibilidade para arcar com seus custos de documentação (como visto e passaporte), passagens de ida e volta, as primeiras duas semanas da acomodação nos condomínios da Disney (nas demais semanas será descontado do seu paycheck toda semana), a Assessement Fee (valor revertido para conservação do condomínio, eventos, etc) e seguro de saúde obrigatório ara toda sua estadia nos Estados Unidos.

Caso ainda não tenha passaporte ou ele precise ser renovado, adicione esse custo também. Para quem já tem visto americano de turista o processo é o mesmo, já que o visto de trabalho é o J1, diferente do que você tem. Ou seja, também irá ao consulado americano e tem que pagar a taxa.

A primeira fase da seleção ocorre em diversas capitais, mas a segunda fase é em São Paulo. Se você for de fora já terá esses custos de deslocamento e permanência. O mesmo para deslocamento até o consulado, para fazer o visto e depois para buscá-lo.

O Assessement Fee é uma taxa (bem salgadinha) que representa a “taxa de manutenção do condomínio” onde você irá morar. Além de limpeza, manutenção, segurança 24 horas, portaria para receber suas encomendas do Amazon (eu sei que você vai), está nesse valor calefação, ar condicionado, água, luz, internet e os móveis e utensílios todos da casa. Fora tudo isso ainda eles fazem vários eventos com comida, personagens, dj. De certa forma volta tudo para você esse valor, mas ainda assim tem que ser pago logo que passa na segunda fase para garantir a vaga.

Se quiser saber tudo sobre os custos que você terá é só clicar aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s